Saiba o Impacto da Indústria da Carne no Brasil

Faça o download do relatório

O Impacto da Indústria da Carne no Brasil: Bem-estar Animal, Saúde Humana, Meio Ambiente e Economia

CLIQUE PARA BAIXAR

O que a indústria da carne quer esconder

Objetivo deste relatório é demonstrar que a produção de alimentos baseada na exploração dos animais não é sustentável no Brasil, pois ela promove imensos prejuízos ao governo e à sociedade, sem, contudo, compartilhar os lucros. A partir de revisão bibliográfica de estudos científicos e relatórios das mais renomadas organizações mundiais, apresentamos, de forma simplificada, alguns dos resultados mais expressivos sobre o impacto da indústria da carne na vida dos animais, no meio ambiente, na saúde humana e na economia do Brasil.

Entre os pontos de destaque está a evidente conexão entre o alto consumo de carne e problemas de saúde, incluindo riscos aumentados de câncer colorretal, doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes, intoxicação alimentar, zoonoses, resistência antimicrobiana e novas pandemias. O meio ambiente também é impactado de diversas formas, através dos desmatamentos e queimadas para plantio de pastagem ou grãos para produção de rações, emissão de gases de efeito estufa, expressivo uso e degradação de recursos naturais como água e terra, entre outros.

Anualmente no Brasil, mais de 6 bilhões de animais terrestres são criados e abatidos em situações completamente inadequadas, sendo submetidos a práticas extremamente dolorosas como a mutilação, por exemplo, sem controle da dor, além de estarem sujeitos à severa restrição de espaço - no caso dos suínos, frangos, galinha, peixes e bois criados pelo sistema de confinamento - e no caso das fêmeas, ao abate de fêmeas em final de gestação no qual tanto as mães quanto os filhotes são mortos após uma longa jornada de sofrimento rumo aos abatedouros. Estes são apenas alguns dos exemplos de como os animais são tratados pela indústria da carne no Brasil.

Como o Brasil é um dos maiores exportadores de carne bovina, de porco e de frango do mundo, esperamos que as informações contidas neste relatório conscientizem consumidores, governos, instituições de investimento e organizações internacionais sobre os problemas deste setor para que sejam buscadas novas formas de produção de alimentos e consumo mais benéficas para a sociedade como um todo e que não leve bilhões de animais ao sofrimento extremo.

O crescimento do número de veganos e vegetarianos no mundo prova que esta forma de alimentação veio para ficar. Esperamos que, em breve, os animais criados para consumo humano se beneficiem desta reflexão e das mudanças que estão por vir.

Quero ajudar!

Faça uma doação mensal ou pontual e nos ajude a colocar um fim a crueldade com animais!

SEJA UM(A) DOADOR(A)!