FATAM POUCAS HORAS! VOCÊ DOA 1X, E NÓS RECEBEMOS O TRIPLO ❤️ 3X Triplique o seu impacto pelos animais HOJE!

Dia Internacional dos Direitos Animais

Todos os anos a Animal Equality Brasil realiza um ato na Avenida Paulista no domingo mais próximo ao Dia Internacional dos Direitos Animais.

Protesto pelo Dia Internacional dos Direitos Animais | Manifestação DIDA 2019. Foto: @jardiel_carvalho

O que é o Dia Internacional dos Direitos Animais?

Em todo o mundo, no dia 10 de dezembro é celebrado o Dia Internacional dos Direitos dos Animais, também conhecido como DIDA. Esta data tem como objetivo mobilizar e conscientizar a sociedade sobre a importância e a necessidade de incluir todos os animais como sujeitos de direito.

Todos os anos a Animal Equality faz um ato solene para que os animais que passaram por situações de crueldade, sem gozar dos seus direitos, não sejam esquecidos. Este ano a manifestação teve um número reduzido de pessoas para que se fosse mantido os protocolos de segurança contra o Covid-19.

Quer saber quais são os direitos dos animais e por que eles precisam ser defendidos? Clique aqui que nós te contamos mais detalhes sobre isso.

O que significa direito dos animais?

A ciência já provou que os animais são capazes de sentir dor, pensar e ter sentimentos positivos e negativos, como alegria, medo, frustração e, assim como nós humanos, os animais também podem sofrer. Desta forma, há muitos anos, ativistas lutam para que a lei reconheça que os animais devem ter direitos assim como nós, para que eles possam ser respeitados e protegidos.

Em 1978, a UNESCO proclamou a Declaração Universal dos Direitos dos Animais que representou um avanço para o direito animal. No Brasil, a crueldade contra animais passa a ser condenada no artigo 225 da Constituição Federal de 1988. Este artigo admite a capacidade de sentir e sofrer dos animais, porque você só pode ser cruel com quem sente. Dez anos depois, a Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/98) traz um novo avanço ao criminalizar o ato de abusar, maltratar, ferir ou mutilar animais.

Apesar dos animais serem amparados pela Constituição Federal e pela Lei de Crimes Ambientais, na prática o que vemos é pouca punição em caso de maus-tratos, principalmente quando o crime é cometido contra animais de fazendas, como vacas, porcos, galinhas e peixes.

Como é a vida dos animais de fazenda no Brasil?

Pesquisas científicas mostram que as galinhas exploradas na indústria dos ovos e frangos criados para serem abatidos são animais cheios de capacidades intelectuais e emocionais. Essas aves entendem o conceito de números e podem executar aritmética simples; demonstram autocontrole; capacidade de planejar com antecedência; manifestam sinais de empatia quando outras aves estão em perigo e possuem um avançado sistema de comunicação. 

Porcos são animais que possuem alto nível de empatia, excelente memória de longo prazo e de acordo com a ciência está é a quarta espécie mais inteligente do mundo, ficando atrás apenas dos humanos, chimpanzés e golfinhos. Se uma criança de 3 anos de idade jogar um jogo de memória com um porquinho, possivelmente o porquinho vai ganhar.  

Com as vacas não poderia ser diferente, elas também são sensíveis e inteligentes. Vacas adoram brincar com bola; tem personalidade própria, algumas mais ranzinzas e outras mais brincalhonas. Elas também reconhecem muito bem as pessoas e suas companheiras no rebanho, tendo aquelas que são melhores amigas e outras que são “inimigas”.

Não restam dúvidas que animais são seres providos de sentimentos. Mas, infelizmente, essa informação é completamente ignorada pelos sistemas produtivos que criam animais para consumo humano.

Na primeira semana de vida, os porquinho tem seus dentes cortados, orelhas e rabos mutilados, e são castrados, tudo isso sem anestesia. Porcos, ao contrário do que muitos pensam, são animais muito higiênicos e odeiam lugares sujos. Essa má reputação ocorre porque eles são forçados a viverem no meio de suas próprias fezes, em ambientes minúsculos e lotados. As porcas mães passam suas vidas dentro de gaiolas que tem o mesmo tamanho dos seus corpos, limitando qualquer tipo de movimento.

Frangos são animais doentes, porque foram submetidos a uma intensa seleção genética para crescerem cada vez mais rápido. A severidade dessas doenças e o ambiente insalubre que esses animais vivem é tão grave que 300 milhões de frangos morrem no Brasil antes de chegarem no momento do abate.

Galinhas passam suas vidas em gaiolas com um espaço por ave equivalente a uma folha A4. Elas também tem seus bicos cortados, o que gera dor e dificuldade para se alimentar. Quando deixam de produzir muitos ovos, elas são forçadas a ficarem 12 dias sem ingerir alimentos para, que após esse processo cruel, elas voltem a produzir muitos ovos. Muitas aves não resistem a tanto tempo sem se alimentar e acabam morrendo.

Tudo isso é aceitável e normalizado pela industria da exploração animal. Mas, obviamente, eles tentam esconder isso dos olhos do consumidor. Mas nós estamos aqui para te contar todas essas atrocidades.

Veja como foram as edições

Protesto pelo Dia Internacional dos Direitos Animais | Manifestação DIDA 2019. Mais de 500 ativistas reunidos na Avenida Paulista, em São Paulo.
Protesto pelo Dia Internacional dos Direitos Animais | Manifestação DIDA 2018
Protesto pelo Dia Internacional dos Direitos Animais | Manifestação DIDA 2017. Yasmin Brunet segurando um coelho morto em suas mãos.

Quer ajudar a lutar pelos direitos dos animais?

Junte-se a nós da Animal Equality! Por meio dos nossos canais de comunicação nós iremos te dar dicas e propor ações simples que, com certeza, irão ajudar a melhorar a vida de milhões de animais.

Nos siga nas redes sociais: Instagram: @animalequalitybrasil, Facebook: Animal Equality Brasil e YouTube: Animal Equality Brasil.

Se inscreva em nossa newsletter clicando aqui, assim você ficará por dentro de todas as notícias relacionadas ao combate da exploração animal.

Você também pode se juntar a uma rede mundial de Protetores de Animais que, por meio de ações online, conquistam muitos avanços para uma vida mais digna para os animais. Clique aqui para conhecer mais sobre os Protetores de Animais.

JUNTOS VAMOS CRIAR UM MUNDO MELHOR PARA OS ANIMAIS!