FATAM POUCAS HORAS! VOCÊ DOA 1X, E NÓS RECEBEMOS O TRIPLO ❤️ 3X Triplique o seu impacto pelos animais HOJE!

Uma grande vitória para os pintinhos

Uma campanha de conscientização e relações governamentais realizada pela Animal Equality na Câmara dos Deputados da Itália atingiu um marco histórico: o Parlamento italiano votou a favor da emenda que estabelece que a partir de 2026 o sacrifício de pintinhos machos de um dia de vida será proibido na Itália.

Me lembro com clareza quando descobri que pintinhos machos de um dia de vida eram mortos porque são considerados inúteis para indústria de ovos, afinal, os machos não botam ovos. Eles também não são criados pela indústria da carne, porque não ganham peso em quantidade suficiente e nem de forma tão rápida como os frangos de corte, que passaram por seleção genética para ganharem a maior quantidade de peso no menor tempo possível.

Entretanto, o mais assustador desta história não é que eles são considerados resíduos da indústria (produtos sem utilidade) e nem o fato deles morrerem com apenas um dia de vida. O mais assustador é que eles são triturados vivos, sem nenhum método de atordoamento ou anestesia. Ou seja, eles estão conscientes quando são jogados em grandes trituradores.

Esse era um dos maiores segredos que a indústria da exploração animal, mas nossos corajosos investigadores secretores entraram em incubatórios e revelaram essa terrível prática que acontece em todos os países. Por ano, cerca de sete bilhões de pintinhos machos são mortos assim que nascem, os métodos utilizados são trituração, uso de gases letais ou sufocamento em sacos plásticos. No Brasil o método mais utilizado é a trituração.

Eu nunca vou me esquecer do dia que fiz essa descoberta, eu fui atingida por um sentimento de tristeza e revolta. Como podem triturar filhotes que acabaram de nascer? Ou sufoca-los dentro de sacos plásticos? O que passa na cabeça desses animais que nasceram aos milhares dentro de uma máquina, não encontraram com suas mães e em poucas horas são mortos de uma forma brutal. Eu me emociono ao tentar me colocar no lugares desses animais tão dóceis, que, devido a indústria da exploração animal, parecem que vieram a terra apenas para sofrerem em suas curtas vidas.

O que me dá forças e esperança é saber que pessoas como você estão lutando por um futuro onde barbaridades como esta não acontecem mais. A Animal Equality, através de seus investigadores secretores, dos times de educação e advocacy e, claro, dos seus apoiadores, está conseguindo mudar o destino de milhões de animais. Você que assina nossas petições, compartilha nossos conteúdos informativos e faz doações é a alavanca que move todo esse sistema, pois sem o seu apoio não teríamos recursos para enfrentar essa luta.

Tivemos um grande avanço na Itália, onde 40 milhões de pintinhos machos são mortos todos os anos. Estamos agora lutando para que o mesmo ocorra no Brasil, onde 84 milhões de pintinhos morrem por ano. Um grande passo já foi dado, conseguimos que fosse criado um projeto de lei (Projeto de Lei 256/2021), agora estamos trabalhando para que ele seja aprovado. Mas para isso precisamos continuar recebendo o seu apoio.

Tenho certeza que se permanecermos unidos, em um futuro próximo vamos comemorar mais essa vitória no Brasil. Por favor, faça uma doação e nos ajude a continuar os nossos trabalho de investigação e relações governamentais para acabar com a trituração de pintinhos machos!