INVESTIGAÇÃO: o sacrifício animal continua acontecendo em Gadhimai!

Uma nova investigação da Animal Equality revela que milhares de animais foram novamente mutilados e abatidos em 2020 em um evento do festival Gadhimai.

OS DETALHES: Em 15 de janeiro de 2020, milhares de animais foram sacrificados no Templo Gadhimai, no sul do Nepal, em um evento realizado em conjunto com o festival Gadhimai de dezembro passado. Em imagens exclusivas da Animal Equality, búfalos, cabras e pombos foram filmados sendo violentamente mutilados e mortos pelos participantes do festival usando uma variedade de armas.

MATANÇA BRUTAL: Nossos investigadores documentaram o terrível assassinato de cabras conscientes por devotos, com pessoas sendo mostradas decapitando impiedosamente os animais aplicando dezenas de golpes para completar o assassinato brutal. Em outras cenas violentas, os pombos tiveram suas asas cortadas e foram jogados no telhado do templo para serem posteriormente abatidos para consumo de sua carne.

VIOLÊNCIA CONTÍNUA: Esses atos aterrorizantes seguem aqueles que aconteceram no ano passado no festival Gadhimai, um evento conhecido como o maior sacrifício de animais do mundo. Nos vários eventos realizados no Templo Gadhimai, as equipes de investigação da Animal Equality documentaram muitas outras atrocidades, como:

  • abuso sexual de alguns dos animais no templo
  • animais transportados para o templo em condições inseguras e não higiênicas
  • animais pendurados de cabeça para baixo em bicicletas
  • animais famintos sem comida ou água suficientes
  • bezerros, que estavam à espera do abate, morrerem devido a temperaturas frias
  • devotos cortando as orelhas de cabras e búfalos e deixando-os sangrar vivos

NOSSA CAMPANHA: Além do nosso trabalho no local durante o festival Gadhimai, fizemos uma campanha ativa para interromper a matança no festival por vários meses, reunindo mais de 100 mil assinaturas internacionais pressionando o governo nepalês a proibir o abate de animais. Também colaboramos com a Sociedade da Cruz Vermelha do Nepal para organizar um campo de doação de sangue, onde os devotos poderiam doar seu sangue para honrar a divindade em vez de sacrificar o sangue de animais.

O QUE DIZEMOS: “É indiscutível que o ritual de sacrifício de animais faz parte da nossa história humana. No entanto, definitivamente não deve fazer parte do nosso presente ou do nosso futuro. À medida que evoluímos, devemos interromper as tradições que envolvem a tortura sem sentido a seres sencientes ”, diz Amruta Ubale, diretora sênior de assuntos públicos da Animal Equality Índia.

O QUE VEM A SEGUIR: A Animal Equality vem fazendo campanha incessavelmente para acabar com o sacrifício de animais no festival Gadhimai. Graças à ajuda de nossos ativistas, voluntários e apoiadores em todo o mundo, fizemos grandes progressos para acabar com essa crueldade, mas o massacre continua e o nosso trabalho também. Acreditamos de fato que estamos perto de encerrar o abate de animais do festival e, para garantir que isso aconteça, precisamos de sua ajuda. Por favor, assine nossa petição e use sua voz para encerrar o sacrifício ritual de animais em Gahimai de uma vez por todas.

SIM, QUERO AJUDAR A ACABAR COM O SACRIFÍCIO ANIMAL NO FESTIVAL GADHIMAI