VOCÊ PODE NOS AJUDAR A ACABAR COM AS GAIOLAS. Clique aqui para saber mais informações.
Notícias
Receba as últimas notícias e atualizações da Animal Equality

Medalhistas, ambientalistas e acadêmicos pedem ao Comitê Olímpico que retire o foie gras do cardápio

julho 10, 2024

A Animal Equality lançou uma campanha global pedindo ao Comitê dos Jogos Olímpicos que remova o foie gras, produzido por meio de alimentação forçada, do cardápio dos Jogos.

Em poucos dias, a petição reuniu mais de 40.000 assinaturas. Agora, dezenas de atletas, acadêmicos e ambientalistas se juntaram à campanha escrevendo uma carta aberta aos organizadores dos Jogos Olímpicos.

Exigimos que o Comitê Olímpico Internacional retire o foie gras dos Jogos – ASSINE AGORA!

A carta expressa preocupações quanto ao impacto da indústria do foie gras nos animais, no meio ambiente e na saúde humana.

Entre os signatários estão o renomado ambientalista Chris Packham, o tenista profissional neozelandês e medalhista olímpico de bronze Marcus Daniell, e a ex-ciclista americana e medalhista olímpica de prata Dotsie Bausch.

Foie gras está no cardápio das Olimpíadas?

Esta campanha global – e a ação de atletas e especialistas – segue uma descoberta recente da Animal Equality. Nós conseguimos confirmar que o foie gras será servido pessoas que comprarem pacotes de hospitalidade, que é um pacote “vip”.

Este ano, os organizadores decidiram implementar um menu mais sustentável e baseado em vegetais. Quase 60% dos pratos servidos nas Olimpíadas serão vegetarianos ou veganos. Entretanto, o foie gras que é um dos produtos associados ao maior nível de crueldade animal, foi escolhido para estar presente no cardápio.

O que os especialistas dizem sobre o foie gras?

Veterinários, defensores dos animais e pesquisadores universitários especializados em doenças infecciosas, saúde pública, comportamento animal e sistemas alimentares se juntaram à campanha da Animal Equality. Juntos, eles descreveram suas preocupações sobre o impacto do foie gras no bem-estar animal, no meio ambiente e na saúde humana. Eles deram seu apoio a uma carta coordenada pela Animal Equality e enviada aos principais tomadores de decisão e membros do Comitê Olímpico Internacional.

Foie gras feito por alimentação forçada é criminoso – literalmente em muitos países. Ele causa dor inimaginável a patos e gansos, coloca pressão indevida sobre nossos preciosos recursos planetários e coloca em risco a saúde humana. Não queremos que o foie gras seja destaque nos Jogos. Esse também é o pedido de medalhistas olímpicos, ambientalistas e especialistas em bem-estar animal. Os organizadores das Olimpíadas de Paris 2024 devem ouvir os especialistas e remover este prato do seu menu imediatamente – Sharon Núñez, Presidente da Animal Equality

Aqueles que apoiam a ação alegam que o Comitê organizador está “sinalizando hipocritamente à comunidade internacional que está disposto a conscientemente tolerar e pagar pelo tratamento inegavelmente cruel dos animais”.

Patos e gansos usados ​​para foie gras são alimentados à força até 63 vezes durante suas vidas, uma prática que causa extrema dor física e psicológica. Uma vez que o fígado do pássaro fica doente, o animal é abatido. Patos nessa indústria vivem 3-5% de sua expectativa de vida natural, e gansos 2-3% da deles.

Investigação Espanhola Foie Gras

Condenada por muitos, a alimentação forçada de animais tem sido amplamente criticada há décadas e é um crime em muitos países, incluindo Itália, Áustria, Croácia, República Tcheca, Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Luxemburgo, Noruega, Polônia e Reino Unido.

Aqueles que apoiam a carta acreditam que o Comitê Olímpico Internacional “deve usar sua posição influente para unir o mundo, não dividi-lo” e “não ignorar as preocupações da população global” removendo o foie gras do menu.

Qual é o problema com o foie gras?

Os problemas não se limitam a patos e gansos: a alimentação forçada desses animais requer “quantidades abundantes de milho” e é responsável por contribuir para a degradação ambiental contínua como resultado. Especialistas estão alarmados com o cultivo e transporte de grãos de monocultura, que prejudicam a biodiversidade, os nutrientes do solo, a qualidade da água e os ecossistemas. Eles também observam que o uso de água e fertilizantes sintéticos aumenta as emissões de gases de efeito estufa.

Foie gras, traduzido como “fígado gorduroso” em francês, também levanta preocupações de saúde para muitos. É rico em gorduras saturadas e colesterol, o que pode contribuir para o desenvolvimento de doenças cardíacas, obesidade e diabetes.

Nos últimos anos, fazendas de foie gras na França foram devastadas por surtos mortais de gripe aviária, levantando preocupações sobre o impacto que a produção de foie gras pode ter na saúde individual e na saúde pública global. Os signatários da carta escrevem:

‘Os Jogos Olímpicos celebram alguns dos indivíduos mais saudáveis ​​e em forma do planeta; apresentar foie gras em tal evento é, respeitosamente, um paradoxo.’

Nenhum animal precisa sofrer para as pessoas comerem diferentes pratos, inclusive o foie gras. Por isso, criamos uma receita de foie gras vegano, clique no botão abaixo para ver.

Ajude-nos a tirar o foie gras das Olimpíadas 

Junte-se a mais de 30.000 cidadãos preocupados do mundo todo que já assinaram nossa petição aos organizadores dos Jogos Olímpicos.

As Olimpíadas representam amizade e inclusão: foie gras não tem lugar lá. Queremos que esse produto cruel seja removido do menu, você está conosco? 

Exigimos que o Comitê Olímpico Internacional retire o foie gras dos Jogos – ASSINE AGORA!


Últimas notícias
julho 1, 2024

Pintinhos e bezerros machos são descartados logo após o nascimento devido a questões puramente econômicas
junho 25, 2024

Os Jogos Olímpicos de 2024 acontecerão em Paris entre 26 de julho e 11 de agosto. O cardápio dos jogos tem como objetivo “proporcionar um gostinho da França de maneira responsável e sustentável”. Os organizadores afirmam estar “focados em mostrar a comida francesa que é adquirida, produzida e consumida de…
maio 28, 2024

Mais de três meses após o término do julgamento, os proprietários da fazenda documentada por Jordi Évole e a equipe de Salvados, em parceria com a Animal Equality, foram absolvidos de 14 acusações de crueldade contra animais. A decisão do juiz absolve os Irmãos Carrasco, apesar de admitirem que os…