VOCÊ PODE NOS AJUDAR A ACABAR COM AS GAIOLAS. Clique aqui para saber mais informações.
Notícias
Receba as últimas notícias e atualizações da Animal Equality

Audiência pública pelo fim do abate de pintinhos e bezerros

Pintinhos e bezerros machos são descartados logo após o nascimento devido a questões puramente econômicas
julho 1, 2024
Audiência pública para debater o descarte de animais Carla Lettieri em audiência pública sobre o descarte de animais

Na última sexta-feira (28), a pedido da Animal Equality Brasil, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) sediou audiência pública para discutir os projetos de lei 410/2023 e 210/2023, ambos de autoria do Deputado Estadual Carlos Giannazi (PSOL/SP). Foi o último evento antes do recesso parlamentar que vai de 01 a 31 de julho. O primeiro projeto visa proibir a prática de triturar pintinhos vivos na indústria de ovos, enquanto o segundo busca impedir a matança de bezerros machos na indústria do leite. 

Pintinhos machos e bezerros machos são frequentemente mortos logo após o nascimento devido a questões puramente econômicas, já que na produção de ovos e leite os machos são considerados inúteis por não produzirem esses produtos.

Durante a audiência, a Animal Equality, uma organização internacional de proteção animal, lançou o relatório “Alternativas ao Descarte de Pintinhos Machos”, disponível para download gratuito em nosso site. Segundo Carla Lettieri, Diretora Executiva da Animal Equality Brasil, “após extensa pesquisa e análise de experiências internacionais, podemos afirmar com convicção que o Brasil está preparado para adotar medidas como a sexagem in ovo e banir práticas cruéis como a trituração de pintinhos. É crucial que empresas do setor alimentício e legisladores considerem estas alternativas que foram propostas em nosso relatório.”

POUPE AS FAMÍLIAS

Um pintinho reconhece a voz e traços de sua mãe logo após nascer. Você pode defender estes laços familiares quando opta por substituir ovos por alternativas à base de plantas.

“O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de ovos e leite, também precisamos assumir a liderança das boas práticas, assim como países da Europa já vem fazendo. A sexagem in ovo na produção de ovos e o sêmen sexado na indústria do leite, beneficia os animais e também os produtores, além de atender a demanda dos consumidores por produtos com maior nível de bem-estar animal “, destacou o Deputado Carlos Giannazi.

Além de Giannazi, a audiência contou com a presença da Deputada Federal Luciene Cavalcanti (PSOL/SP), que possui um projeto similar em discussão na esfera federal, e Vânia Nunes, Diretora Técnica do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal. Ativistas e apoiadores da causa animal também estiveram presentes, demonstrando apoio às iniciativas legislativas em prol dos animais.

Diminuir ou eliminar o consumo de ovos é uma das maneiras mais efetivas de poupar os pintinhos de serem triturados. Você sabia que o Love Veg tem um ebook gratuito focado apenas em alternativas vegetais para ovos mexidos, pratos principais e até sobremesas? Acesse agora clicando aqui.


Últimas notícias
julho 10, 2024

A Animal Equality lançou uma campanha global pedindo ao Comitê dos Jogos Olímpicos que remova o foie gras, produzido por meio de alimentação forçada, do cardápio dos Jogos. Em poucos dias, a petição reuniu mais de 40.000 assinaturas. Agora, dezenas de atletas, acadêmicos e ambientalistas se juntaram à campanha escrevendo…
junho 25, 2024

Os Jogos Olímpicos de 2024 acontecerão em Paris entre 26 de julho e 11 de agosto. O cardápio dos jogos tem como objetivo “proporcionar um gostinho da França de maneira responsável e sustentável”. Os organizadores afirmam estar “focados em mostrar a comida francesa que é adquirida, produzida e consumida de…
maio 28, 2024

Mais de três meses após o término do julgamento, os proprietários da fazenda documentada por Jordi Évole e a equipe de Salvados, em parceria com a Animal Equality, foram absolvidos de 14 acusações de crueldade contra animais. A decisão do juiz absolve os Irmãos Carrasco, apesar de admitirem que os…