Hoje, 29 de julho, chega o Dia da Sobrecarga da Terra em 2019

Em menos de oito meses, já usamos mais recursos naturais do que o planeta pode regenerar em um período de um ano

Hoje, a humanidade esgotou o estoque de recursos naturais para o ano inteiro, de acordo com a Global Footprint Network, uma organização internacional de pesquisa. Isso significa que os seres humanos estão utilizando os recursos da natureza quase duas vezes mais rápido do que o nosso planeta tem capacidade de regenerar. Essa data é chamada Dia da Sobrecarga da Terra e tem acontecido cada vez mais cedo a cada ano. Dados de pesquisas mostram que, se continuarmos nesse caminho, antes da metade do século já teremos atingido uma demanda de recursos equivalente a dois planetas.

Não é apenas a vida do planeta que está em jogo. Um estudo publicado em 2015 na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS) alerta que o mundo está passando por uma era de extinção em massa sem paralelos desde o desaparecimento dos dinossauros, há 66 milhões de anos. Essa seria a sexta extinção em massa desde o surgimento do Planeta Terra. Segundo o estudo, o motivo “são problemas ambientais globais causados pelo homem”. A pesquisa, uma das mais completas já feitas sobre o tema, foi feita por cientistas da Universidade de Stanford e da Universidade Nacional Autônoma do México.

Estamos criando uma dívida com o meio ambiente e vamos pagar juros altíssimos, como escassez de alimentos, erosão do solo e acúmulo de gases de efeito estufa na nossa atmosfera. Mas ainda há tempo de evitar as consequências mais drásticas. Dos recursos naturais que temos, 60% estão vinculados à capacidade da natureza de reabsorver o CO² que emitimos na atmosfera. De todos os gases emitidos, 30% estão relacionados à produção de comida, enquanto a soma de todos os meios de transportes emitem somente 18,5%. Ou seja, repensar a nossa alimentação e adotar um estilo de vida mais consciente é a forma mais eficaz de reduzir nossa pegada de carbono.