Nova investigação da Animal Equality mostra crueldade com frangos em granjas britânicas

Recentemente, a Animal Equality UK divulgou imagens secretas de oito granjas britânicas operadas pela Moy Park, responsáveis ​​pela criação e abate de mais de 312 milhões de aves no Reino Unido todos os anos. Moy Park é um fornecedor conhecido de muitos varejistas e restaurantes, incluindo o McDonald’s.

Sob as instruções da Moy Park, seus trabalhadores levantavam rotineiramente os bebedores de água do local a uma altura em que os frangos menores não conseguiam alcançar. Isso resultou em frangos menores sendo deliberadamente privados de água potável, por terem sido considerados pequenos demais para serem lucrativos para a indústria

Também descobrimos:

  • Centenas de frangos sofrendo mortes agonizantes ao terem seus pescoços  dolorosamente esmagados pelas mãos dos trabalhadores;
  • Frangos com queimaduras na pele dos pés e do peito em carne viva, em razão do chão sujo e encharcado de urina;
  • Os frangos são criados para crescerem de maneira tão rápida e ficarem tão grandes, que sofrem ferimentos terríveis nas pernas e são incapazes de carregar o enorme peso de seus próprios corpos;
  • Os frangos se amontoam em galpões superlotados, mal conseguindo se mover ou esticar suas asas.

Clique aqui para ler a matéria exclusiva publicada pelo jornal inglês The Independent.

Essas são práticas comuns dentro dessa terrível indústria. Compartilhe a investigação para que mais consumidores pensem duas vezes antes de consumir crueldade.

Leia também o nosso posts anterior sobre o crescimento acelerado dos frangos.

A Animal Equality é uma organização internacional que se dedica a defender animais explorados para consumo por meio de campanhas, advocacy, relações corporativas e investigações. 

Se você simpatiza com a nossa causa, você pode colaborar das seguintes formas:

Inscreva-se no Protetores de Animais, nosso programa de voluntariado on-line, e comece a ajudar os animais agora mesmo, sem precisar sair de casa; 

Faça uma doação mensal ou pontual;

Acompanhe o nosso conteúdo nas redes sociais e compartilhe as nossas publicações.

Ajude-nos a lutar por um mundo mais compassivo!