FATAM POUCAS HORAS! VOCÊ DOA 1X, E NÓS RECEBEMOS O TRIPLO ❤️ 3X Triplique o seu impacto pelos animais HOJE!

Duas tendências de sustentabilidade corporativa para se beneficiar de uma política de ovos livres de gaiolas


A crise da pandemia do Covid-19 reformulou as tendências de sustentabilidade corporativa no mundo e o “SustainAbility Institute by ERM” apresentou recentemente um relatório com aquelas que serão de longo prazo e contribuirão para a permanência bem-sucedida das empresas que prezam pela inovação.

Duas dessas tendências têm grande sinergia com o bem-estar animal, principalmente para empresas que se comprometem com o fornecimento de ovos 100% livre de gaiolas em sua cadeia.

Saiba como essa importante iniciativa se conecta com tendências de sustentabilidade:

1. “As empresas vão acelerar os esforços para aumentar a transparência da cadeia de suprimentos nos próximos anos”

As organizações com abordagens de gerenciamento da cadeia de suprimentos, como pesquisas, auditorias, educação, engajamento e iniciativas de prestação de contas, são as que têm melhor desempenho durante a pandemia, de acordo com o SustainAbility Institute.

Nesse sentido, as empresas que adotam o compromisso de ovos livres de gaiolas mostram que os fornecedores são um stakeholder fundamental em sua estratégia de sustentabilidade e fornecimento, incentivando-os a melhorar seus processos, a serem mais competitivos, responsáveis ​​com o meio ambiente e bem-estar animal. Esse tipo de compromisso muda o paradigma da cadeia de suprimentos, para que esta mostre mais transparência e alinhamento com os valores que a sociedade compartilha.

2. “As empresas vão fortalecer o foco no design para a sustentabilidade de produtos e serviços”

Para agregar ao consumo e à produção sustentáveis, as empresas estão priorizando a análise do ciclo de vida de seus produtos, bem como o foco em dados verificáveis ​​e modelos de prestação de contas. Isso em resposta à sua própria conscientização, bem como ao aumento do interesse do cliente.

Uma política livre de gaiolas é compatível com essa visão de sustentabilidade, na qual diversos grupos de stakeholders entendem que o bem-estar animal deve ser prioridade dentro da estratégia de sustentabilidade, uma vez que estão intrinsecamente ligados a questões éticas, políticas, econômicas, ambientais e sociais.

Grandes empresas demonstram cada vez mais interesse em investir em cadeias produtivas sustentáveis ​​e resilientes, bem como na geração de produtos mais responsáveis ​​que respeitam o bem-estar animal. Se você quer se juntar às mais de 2.000 empresas ao redor do mundo que já se comprometeram com o bem-estar animal, assim, fortalecendo sua estratégia de sustentabilidade, entre em contato com a Animal Equality.

Fontes:

https://www.expoknews.com/10-corporate-sustainability-trends-2021/?omhide=true

https://www.sustainability.com/thinking/new-normals-10-trends-observations-midway-through-2021/


Mais populares

fevereiro 14, 2018

Se você está buscando informações sobre veganismo ou tentando fazer a transição, esse post é para você! Os documentários abaixo mostram o veganismo em vários contextos — alguns ressaltam seus benefícios para a saúde, enquanto outros mostram a crueldade animal e os problemas ambientais causados pela indústria da carne. São…
dezembro 10, 2018

A ciência já provou que eles são capazes de sentir, pensar e perceber. Agora ativistas lutam para que a lei reconheça que eles têm direitos assim como nós Por Nyle Ferrari Manifestação da Animal Equality em homenagem ao Dia Internacional dos Direitos Animais (Fotografia: Paula Jacob) Depois de serem transportados…
março 19, 2020

Algumas das graves ameaças à saúde pública dos últimos 20 anos foram consequências diretas do consumo de carne e produtos de origem animal, por exemplo: O caso da carne bovina com hormônios Em 1988, um grande caso explodiu porque a carne bovina dos EUA continha hormônios esteróides, normalmente utilizados ​​em…