FATAM POUCAS HORAS! VOCÊ DOA 1X, E NÓS RECEBEMOS O TRIPLO ❤️ 3X Triplique o seu impacto pelos animais HOJE!

As quinze vitórias mais importantes da Animal Equality


Quando a Animal Equality foi fundada em 2006 com a missão de proteger os animais, sabíamos que não seria uma tarefa fácil. Enfrentamos enormes desafios e algumas das indústrias mais poderosas do mundo, mas o entusiasmo e o compromisso com a nossa missão só aumentaram desde então e nos permitiu entregar resultados impactantes para os animais.

Quando estamos trabalhando para educar o público sobre a terrível realidade dentro de fazendas industriais e matadouros, pedindo aos governos que adotem leis que protejam os animais ou encorajando grandes empresas a implementar políticas que beneficiam os animais, nunca perdemos de vista nossa missão.

Por isso, conquistamos diversas vitórias para os animais nos últimos 15 anos. Continue lendo para ver alguns de nossos maiores sucessos.

1. Fechamento da fazenda de porcos Harling – Reino Unido, 2012

Uma investigação da Animal Equality em fazendas de porcos no Reino Unido resultou no fechamento da Fazenda Harling e no julgamento de seus trabalhadores por crueldade contra os animais. Eles receberam a sentença mais longa proferida no Reino Unido por abuso de animais de criação.

2. Fechamento de um matadouro de cães e 33 mercados de cães e gatos – China, 2013

As investigações da Animal Equality na China tiveram sucesso no desmantelamento de um matadouro de cães, acusado de comercializar ilegalmente mais de 1,5 milhão de cães e gatos por ano, para venda de carne ou de pele. Também fechamos 33 mercados de cães e gatos.

3. Reduzindo o número de animais mortos no maior sacrifício de animais do mundo – Índia, 2014

Graças à nossa campanha incansável e esforços colaborativos desde 2014, houve uma redução drástica no número de animais abatidos no Festival Gadhimai. Uma diretriz emitida pelo Ministério de Assuntos Internos da Índia após pedidos da Animal Equality ajudou a reduzir em 80 % o número de animais sacrificados de forma cruel neste festival. 

4. Proibição nacional da importação de foie gras – Índia, 2014

O Ministério das Relações Exteriores da Índia aprovou uma proibição nacional da importação de foie gras como resultado direto das investigações da Animal Equality.

O feito fez parte da campanha global que a Animal Equality iniciou em julho de 2012 ao apresentar uma investigação sobre as fazendas de foie gras espanholas e francesas, cujo impacto e repercussão se espalharam por vários países. Essas fazendas exportavam foie gras para a Índia.

5. O estado mexicano de Jalisco proíbe o uso de animais em circos – México, 2015

O estado mexicano de Jalisco proíbe o uso de animais em circos graças a uma iniciativa apresentada pela Animal Equality e ao apoio de grupos locais.

6. Quatro trabalhadores de matadouros foram condenados à prisão por crueldade contra animais – Espanha, 2016

Em 2012, um trabalhador da fazenda “El Escobar” na Espanha denunciou os maus-tratos brutais que as mães porcas eram submetidas por seus colegas de trabalho. Dentro de 48 horas após a Animal Equality liberar as imagens de crueldade contra os animais que ocorriam nessa propriedade, três trabalhadores foram presos. Quatro anos depois, após o julgamento de 2016, dois deles foram condenados a um ano de prisão e três anos de desqualificação para trabalhar com animais.

7. Crueldade com animais de fazenda torna-se crime em Jalisco – México, 2019

Em resposta às investigações da Animal Equality que documentaram a extrema crueldade a que os animais são submetidos em matadouros em Jalisco, um dos estados mexicanos onde a maioria dos animais é abatida, os legisladores aprovaram uma iniciativa histórica que torna a crueldade contra os animais de fazenda um crime, punindo a falha de atordoamento antes do abate, mutilação ou negligência veterinária.

8. Três trabalhadores foram condenados por várias acusações de crueldade contra os animais – Reino Unido, 2019

Como resultado da investigação secreta de 2018 da Animal Equality em Fir Tree Farm em Lincolnshire, que mostrou abuso violento, repetido e deliberado contra porcos, três trabalhadores foram condenados por vários crimes de crueldade contra animais, no Reino Unido.

9. Zapopan se tornou a primeira cidade mexicana a proteger legalmente os animais de criação – México, 2020

Graças ao trabalho da Animal Equality no México, um novo regulamento de proteção animal foi aprovado pelo Conselho de Governo de Zapopan, que estabelece proteções para os animais de criação e criminaliza a crueldade contra os animais de criação.

10. A Comissão Europeia concorda em proibir o uso de gaiolas para todas as espécies animais – Europa, 2021

Após anos de campanha por grupos de proteção animal, incluindo a Animal Equality, a Comissão Europeia concordou em “apresentar uma proposta legislativa até o final de 2023 para eliminar gradualmente e, finalmente, proibir o uso de gaiolas para todas as espécies e categorias animais mencionadas na iniciativa “Fim da Idade da Gaiola”. Essa legislação incluirá galinhas, coelhos e patos, bem como porcas confinadas em gaiolas de parto e gestação, bezerros usados ​​pela indústria de laticínios e outros animais de criação.

11. O maior grupo de restaurantes anunciou uma política global para banir as gaiolas de sua cadeia global de suprimentos de ovos – Internacional, 2021

Yum! Brands, a maior empresa de restaurantes do mundo com mais de 52.000 estabelecimentos em todo o mundo e proprietária de marcas como KFC, Pizza Hut e Taco Bell, lançou uma política global para banir as gaiolas de sua cadeia global de suprimentos de ovos. Esta campanha foi realizada pela Open Wing Alliance, uma coalizão de mais de 80 grandes organizações de proteção animal, incluindo a Animal Equality. Isso impactará mais de 24 milhões de galinhas por ano.

12. O governo de Puebla aprova lei para criminalizar matadouros não regulamentados – México, 2021

Em um movimento histórico para a proteção animal, Puebla, no México, votou para aprovar uma lei que criminalizará matadouros não regulamentados (também conhecidos como matadouros clandestinos) e matadouros em mercados de animais vivos. A nova lei, que foi aprovada após a Animal Equality no México participar de negociações com vários órgãos do governo de Puebla, também tornará ilegal neste estado o abate de animais terrestres sem atordoamento prévio. 

13. Nevada se torna o nono estado dos EUA a proibir gaiolas – EUA, 2021

Graças ao trabalho da Animal Equality, bem como de outros grupos de proteção animal, Nevada anunciou que se tornará o nono estado dos EUA a proibir gaiolas em bateria para galinhas, juntando-se a Utah, Colorado, Michigan, Washington, Oregon, Califórnia, Massachusetts e Rhode Island. O projeto não apenas proíbe as galinhas em gaiolas em Nevada, mas também exige que os ovos vendidos no estado venham de instalações sem gaiolas, independentemente de onde os ovos foram produzidos.


14. Subway compromete a melhorar as condições de vida dos frangos – UE, 2021

Subway, a maior rede mundial de restaurantes fast food, assinou o European Chicken Commitment (ECC) após uma campanha que durou um ano e meio. Vinte e duas organizações em toda a Europa aderiram a esta campanha para pressionar a empresa a eliminar as piores práticas utilizadas na criação de frangos usados ​​para carne. Centenas de ações e protestos ocorreram em diferentes países europeus e a petição coletou mais de 260.000 assinaturas. A decisão do Subway de adotar o ECC afetará mais de 50 milhões de frangos na Europa, todos os anos.

15. Eliminando gaiolas – Internacional, 2016 – 2021

Animal Equality ajudou a garantir compromissos públicos de centenas de empresas, o que significa que milhões de galinhas usadas para ovos não ficarão mais confinadas em gaiolas. Essas empresas incluem:

Ferrero: Esta negociação, em colaboração com nossos escritórios na Itália e no México, resultou em uma política global que inclui o México e a Turquia, onde o uso de gaiolas ainda está em um estágio emergente. 

RBI: O proprietário das marcas líderes Burger King, Popeyes e Tim Hortons, lançou uma política global para proibir gaiolas de sua cadeia global de suprimentos de ovos. Este compromisso para melhorar suas políticas de bem-estar animal veio 43 dias após o lançamento de uma campanha pública pela Open Wing Alliance, uma coalizão de mais de 80 grandes organizações de proteção animal, incluindo Animal Equality. Isso afetará mais de 13 milhões de galinhas em todo o mundo a cada ano.

Produtor da Mantiqueira: A Mantiqueira, maior produtora de ovos da América do Sul, anunciou uma política de não investir mais em sistemas de gaiolas, após diálogo com a Animal Equality e outras organizações. Com este compromisso, eles terão 2,5 milhões de galinhas fora das gaiolas até 2025. 

Barceló Hotel Group:  Compromisso global cage-free que impactará 460.000 animais. O Barceló Hotel Group opera em 22 países, em 3 continentes. Barceló é a segunda maior rede hoteleira de Espanha e está entre as 30 maiores do mundo em número de quartos.

TODAS ESSAS VITÓRIAS SÓ FORAM POSSÍVEIS GRAÇAS A VOCÊ! OBRIGADA POR SEMPRE APOIAR O NOSSO TRABALHO.


Mais populares

fevereiro 14, 2018

Se você está buscando informações sobre veganismo ou tentando fazer a transição, esse post é para você! Os documentários abaixo mostram o veganismo em vários contextos — alguns ressaltam seus benefícios para a saúde, enquanto outros mostram a crueldade animal e os problemas ambientais causados pela indústria da carne. São…
dezembro 10, 2018

A ciência já provou que eles são capazes de sentir, pensar e perceber. Agora ativistas lutam para que a lei reconheça que eles têm direitos assim como nós Por Nyle Ferrari Manifestação da Animal Equality em homenagem ao Dia Internacional dos Direitos Animais (Fotografia: Paula Jacob) Depois de serem transportados…
março 19, 2020

Algumas das graves ameaças à saúde pública dos últimos 20 anos foram consequências diretas do consumo de carne e produtos de origem animal, por exemplo: O caso da carne bovina com hormônios Em 1988, um grande caso explodiu porque a carne bovina dos EUA continha hormônios esteróides, normalmente utilizados ​​em…