DIGA NÃO AO PL DO AUTOCONTROLE! Assine e ajude a impedir essa ameaça nacional aos animais!

O que é o PL do Autocontrole?


O projeto de lei (PL) N.º 1.293/2021, ficou conhecido como PL do Autocontrole, mas na verdade,  o que o texto propõe é a autofiscalização sanitária pelas próprias empresas produtoras de alimentos, pois o autocontrole já é uma prática há muitos anos. Este projeto visa transferir a capacidade de fiscalizar o setor de alimentos do Estado para agentes privados.

Está confuso de entender? Vou te dar um exemplo imaginário e você vai entender a dimensão do problema. Imagine que o governo não é mais responsável por aplicar multas de trânsito, então você está dirigindo em uma rodovia e percebe que ultrapassou a velocidade máxima permitida, então você precisa parar o carro e aplicar uma multa em você mesmo. Você acha que isso funcionaria? 

Para entender o impacto do PL do Autocontrole, imagine que um fiscal contratado por uma empresa de alimentos identifique uma fraude na utilização dos produtos que podem comprometer a empresa e seus dirigentes. Ele se verá sempre diante do seguinte dilema: se ele autuar a empresa, poderá perder o contrato por ser rígido demais. Por outro lado, se ele não fizer nada, poderá colocar em risco a saúde da população. 

Quais são os riscos do PL do Autocontrole?

– Os fiscais privados, se pressionados pelas empresas, poderiam ter sua atuação e eficiência limitadas, uma vez que não têm estabilidade e autoridade equivalentes às dos fiscais públicos  para fazer frente às empresas;

– Os potenciais conflitos de interesse econômico relacionados à contratação do fiscal pela própria empresa. O que, por consequência, dificultaria a identificação e a punição dos responsáveis por fraudes, como já ocorreu em casos de adulteração e contaminação de alimentos (ex.: leite, queijos, mel, azeite, carnes e bebidas em geral);

– Maior risco de incidência de contaminação por doenças zoonóticas e intoxicação alimentar, entre elas: tuberculose, brucelose, agentes causadores de artrites, Salmonella, Campylobacter, E. coli, Listeria, Toxoplasmose, raiva herbívora, teníase, febre aftosa e o “mal da vaca louca”;

– Os animais criados para consumo poderiam ficar mais suscetíveis ao desrespeito dos padrões de bem-estar mínimos e a verificação sobre as normas de abate humanitário seria dificultada;

– Os produtos como vacinas, antibióticos, antiparasitários, entre outros, não passariam por rigorosa avaliação e aprovação dos fiscais governamentais e teriam seus registros aprovados de forma automática. Isso significa que a qualidade e os riscos de utilização desses produtos não seriam previamente avaliados pelas autoridades governamentais e os alimentos poderiam conter resíduos dessas substâncias, uma vez que esses produtos são usados em animais criados para consumo. 

– Possível agravamento do problema da resistência antimicrobiana;

– Maior risco de fraude e contrabando internacional de agrotóxicos e outros produtos, colocando em risco a saúde da população e a preservação ambiental.

Como a Animal Equality está agindo para barrar o PL do autocontrole?

Nossas ações se iniciaram com uma investigação onde mostramos o que acontece nos abatedouros na ausência dos fiscais governamentais. Os investigadores documentaram funcionários espancando os animais, instalações que colocavam em risco a segurança e o bem-estar dos animais, e o pior de tudo, a insensibilização não efetiva foi o problema mais recorrente, isso significa que os animais estavam conscientes e passíveis de sentir dor e sofrimento durante o momento da morte. Esses abatedouros também representam um grave risco à saúde pública, pois as mínimas condições higiênico-sanitárias não são respeitadas. O consumidor que ingerir essa carne pode ser contaminado por diversos patógenos e ter graves problemas de saúde.

Depois de lançarmos essa investigação, nos unimos a mais de 40 entidades e estamos trabalhando para mostrar aos senadores os perigos desse PL. Junto com nossos apoiadores e voluntários, estamos nos manifestando nas redes sociais pedindo aos senadores que rejeitem o PL do autocontrole.

Como você pode ajudar a barrar o PL do autocontrole?

Em nossas redes sociais, para nosso time de voluntários – Protetores de Animais, e para os assinantes da nossa newsletter, nós estamos enviando ações simples e que podem ser realizadas do celular ou computador. Caso você não nos acompanha por esses canais, clique nos links abaixo. Neste momento, a melhor forma de colaborar é assinando nossa petição e se manifestando nas redes sociais, inclusive nas dos senadores.

Juntos vamos construir um mundo melhor para os animais!


Mais populares
fevereiro 14, 2018

Se você está buscando informações sobre veganismo ou tentando fazer a transição, esse post é para você! Os documentários abaixo mostram o veganismo em vários contextos — alguns ressaltam seus benefícios para a saúde, enquanto outros mostram a crueldade animal e os problemas ambientais causados pela indústria da carne. São…
dezembro 10, 2018

A ciência já provou que eles são capazes de sentir, pensar e perceber. Agora ativistas lutam para que a lei reconheça que eles têm direitos assim como nós Por Nyle Ferrari Manifestação da Animal Equality em homenagem ao Dia Internacional dos Direitos Animais (Fotografia: Paula Jacob) Depois de serem transportados…
março 19, 2020

Algumas das graves ameaças à saúde pública dos últimos 20 anos foram consequências diretas do consumo de carne e produtos de origem animal, por exemplo: O caso da carne bovina com hormônios Em 1988, um grande caso explodiu porque a carne bovina dos EUA continha hormônios esteróides, normalmente utilizados ​​em…