DIGA NÃO AO PL DO AUTOCONTROLE! Assine e ajude a impedir essa ameaça nacional aos animais!
Notícias
Receba as últimas notícias e atualizações da Animal Equality

A gripe aviária tem levado à morte milhões de aves

outubro 27, 2022

Cerca de 48 milhões de aves morreram no Reino Unido e na União Europeia no ano passado, como resultado do maior surto de gripe aviária já registrado. Apenas nos EUA, mais de 47 milhões de aves já morreram em decorrência desta doença. A Ásia também está na lista dos continentes que têm enfrentado a gripe aviária. 

Gripe Aviária no Brasil

Até então, os surtos estavam se concentrando no hemisfério Norte, mas na última segunda-feira a Colômbia reportou dois casos de Gripe Aviária Altamente Patogênica em aves. Diante da situação, a Associação Brasileira de Proteína Animal emitiu um alerta aos avicultores brasileiros. 

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) publicou no dia 13 de setembro, um alerta sobre risco de introdução e propagação de gripe aviária de alta patogenicidade nas Américas do Sul e Central. O documento já recomendava que os países dessas regiões estivessem em alerta máximo para mortalidade de aves silvestres ou mortalidade incomum. A gripe aviária acomete diferentes espécies de aves, incluindo aves silvestres e também frangos e galinhas que são criados em fazendas industriais. 

Gripe aviária e os sintomas nas aves

O vírus da gripe aviária de baixa patogenicidade pode causar uma doença leve, muitas vezes passando despercebida e sem sintomas. Já o vírus da gripe aviária de alta patogenicidade causa doenças graves em aves que podem se espalhar rapidamente, resultando em altas taxas de mortalidade.

Os sintomas mais comuns em galinhas e frangos são: tosse, espirros, muco nasal, hemorragias nas pernas e as vezes nos músculos, inchaço nas juntas das perna; inchaço da crista e barbela, com cor roxa-azulada ou vermelho escuro, falta de coordenação motora (sintomas nervosos), diarreia e desidratação. O principal sintoma da doença causada por subtipos de vírus altamente patogênicos é a morte súbita, podendo ser superior a 60% e em alguns casos 100% das aves da fazenda morrem. Quando as aves não morrem em decorrência da doença, elas são sacrificadas para conter a disseminação da doença. Todos os métodos de sacrifício utilizados pelas granjas podem levar as aves a angústia e sofrimento. 

Gripe aviária em humanos

A maioria dos vírus da gripe que circulam nas aves não infectam o ser humano. No entanto, algumas cepas* têm a capacidade de infectar humanos, representando uma ameaça à saúde pública. O principal fator de risco é a exposição direta ou indireta a animais infectados ou ambientes e superfícies contaminadas por fezes.

*O agrupamento viral é denominado cepa quando uma mutação altera pelo menos uma das suas características

Galinhas e frangos são inteligentes 

Frangos e galinhas são animais extremamente inteligentes. Eles entendem o conceito de números e podem executar aritmética simples; demonstram autocontrole; capacidade de planejar com antecedência; demonstram sinais de empatia quando outras aves estão em perigo; possuem um avançado sistema de comunicação. Clique aqui para ler um estudo científico que fala dessas e de outras capacidades intelectuais e emocionais dos frangos.

As precárias condições que frangos e galinhas são criados em fazendas industriais

Toda essa capacidade cognitiva, emocional e intelectual dessas aves tem sido ignorada pela indústria da exploração animal. Galinhas são forçadas a viverem a vida inteira dentro de gaiolas onde não conseguem nem ao menos abrir as asas e caminhar poucos passos. Frangos vivem em ambientes superlotados, que nunca são limpos, isso significa dizer que eles passam suas vidas sobre as suas próprias excretas, o que gera feridas pelo corpo devido a queimaduras pela amônia presente nas excretas. Esses são apenas alguns exemplos do que esses animais enfrentam e sofrem nas granjas. 

Assista aos nossos vídeos abaixo para ter uma dimensão de como esses animais são criados em fazendas industriais:


Últimas notícias
janeiro 29, 2023

As dezoito organizações de proteção animal mais relevantes a nível europeu, incluindo a Animal Equality, reuniram-se num ato no Parlamento Europeu, organizado pela L214 e pelo European Institute for Animal Law and Policy para reivindicar a proibição do sacrifício de pintinhos machos em toda a União Europeia. O evento contou…
janeiro 11, 2023

Como a única grande companhia de cruzeiros sem uma política pública, a Viking deixa a desejar em seus padrões de bem-estar animal Hoje, a Open Wing Alliance (OWA), uma coalizão internacional que trabalha para acabar com o abuso de galinhas em todo o mundo – e da qual a Animal…
dezembro 27, 2022

Fazendo doações, assinando petições e realizando ações online pelos animais, você alcançou resultados incríveis para os animais nos últimos doze meses. Em 2022, juntos impactamos cerca de 200 milhões de animais em todo o mundo e o ano ainda não acabou Aqui estão 10 dos maiores momentos para os animais…