DIGA NÃO AO PL DO AUTOCONTROLE! Assine e ajude a impedir essa ameaça nacional aos animais!

Por que fazemos campanhas?


Recebemos diariamente uma série de perguntas em nossas redes sociais sobre as nossas campanhas ativas e hoje vim responder algumas das mais frequentes.

Antes de entrarmos de vez nesse assunto, ressalto que a melhor maneira de se atualizar sobre o nosso trabalho e sobre as principais notícias da causa animal, é se inscrevendo na nossa newsletter e lendo os e-mails que enviamos semanalmente aos nossos apoiadores. Caso você queira dar um passo a mais e participar das nossas ações, leia este texto até o final. Nele compartilharei a forma mais simples e rápida que existe para você ajudar os animais, com apenas alguns minutos do seu dia. 

O que significa a palavra campanha?

Uma das definições que encontramos no dicionário e que mais se encaixa com o que fazemos seria um “conjunto de esforços, ações e recursos utilizados para alcançar um objetivo.” Uma campanha pode ser continuada, durando anos, principalmente quando o objetivo é mais complexo e a resolução do problema não é simplista e imediata. Como também podem existir campanhas mais pontuais que podem durar dias ou semanas. 

Como criamos uma campanha?

Na Animal Equality, quando nos deparamos com um problema e entendemos que para encontrarmos uma solução precisaremos realizar uma campanha, antes de tudo fazemos um diagnóstico completo do problema e das possíveis soluções.  Depois definimos o objetivo da campanha e então criamos o conceito da campanha, ou seja, como queremos apresentar o conteúdo da campanha para as empresas, consumidores, nossos voluntários e/ou governo.Essas etapas são feitas por um time multidisciplinar, com especialistas em comunicação, gestão estratégica, marketing, negociações e em bem-estar animal. Tudo isso é feito pensando em atingir o maior impacto positivo para o maior número de animais. 

Uma campanha pode ser feita tanto no ambiente digital, quanto nas ruas. Com o avanço da tecnologia, ocorreu um grande aumento de campanhas virtuais bem sucedidas. E nos últimos dois anos notamos um grande engajamento virtual dos nossos voluntários, principalmente devido às restrições geradas pela atual pandemia. Sabiamos que não podíamos lutar pelos animais nas ruas, mas não podíamos deixar de defender seus direitos, por isso cada vez mais acumulamos conquistas para os animais e a ajuda dos Protetores de Animais tem sido fundamental. 

Os Protetores de Animais são um grupo de milhares de voluntários que, em todo o mundo, lutam para melhorar a vida dos animais explorados em fazendas industriais, por meio de ações simples que podem ser feitas em casa. Quer saber mais sobre esse nosso programa de voluntariado virtual? Tire suas dúvidas e inscreva-se! Basta clicar aqui.

Qual é o objetivo de uma campanha? 

O objetivo de uma campanha varia de acordo com a campanha. Nossos objetivos geralmente estão relacionados a conseguir compromissos de empresas para que elas se comprometam a adotar práticas com um melhor nível de bem-estar animal em sua cadeia de fornecimento, por exemplo não comprar ovos de galinhas confinadas em gaiolas de fornecedores que criam os animais neste tipo de sistema. Outros objetivos podem ser conscientizar a população sobre práticas abusivas que as fazendas indústrias utilizam ou pressionar governos por mudanças legislativas que melhorem a vida dos animais criados para consumo humano. 

Nosso departamento de campanhas juntamente com o departamento de relações corporativas já conseguiram negociar com sucesso o compromisso livre de gaiolas com 82 empresas, o que significa que 20.808.322 galinhas serão impactadas todos os anos, deixando de passar suas vidas em gaiolas minúsculas e imundas.

E não vamos parar por aí, ainda temos muito trabalho pela frente e muitas galinhas para serem retiradas das gaiolas. No Brasil, estima-se que existem 124 milhões de galinhas criadas para produção de ovos e 95% delas ainda estão vivendo em gaiolas. 

Nós já estamos em negociação com dezenas de outras empresas, algumas bem responsivas e estamos confiantes que em breve mais empresas irão assumir o compromisso livre de gaiolas. Mas infelizmente, outras empresas aparentemente não estão dispostas a mudar a vida das galinhas, por isso, uma estratégia é pressioná-las por meio de nossas campanhas, pois somente assim as empresas entenderão que a população não aceita mais que os animais sejam criados de uma forma indigna. 

Nossas atuais campanhas não estão limitadas a ter como alvo apenas as empresas, também estamos pedindo mudanças legislativas para melhorar a vida dos animais.

Conheça as principais campanhas da Animal Equality 

Todos os anos, 84 milhões de pintinhos machos da indústria de ovos são triturados vivos e completamente conscientes, apenas porque nasceram do sexo “errado”, afinal, nesta indústria apenas as fêmeas tem utilidade por serem elas quem botam os ovos. Os machos são vistos como descartes e por isso são sacrificados logo após saírem dos ovos. Já existe uma tecnologia, que já está sendo utilizada em outros países, e que impede o nascimento de machos, evitando assim uma morte horrível para milhões de pintinhos. Desta forma, nós estamos pedindo a proibição desta prática no Brasil. Saiba mais!

Também estamos pedindo o fim da produção de foie gras no Brasil. O foie gras é o fígado de patos e gansos, entretanto, não é um fígado normal, é um fígado com esteatose hepática – uma grave doença intencionalmente provocada pelo sistema de produção. Ou seja, os produtores, propositalmente, adoecem as aves para que possam produzir o foie gras. Para provocar o surgimento dessa doença, os produtores utilizam uma técnica chamada de alimentação forçada. Essa técnica consiste em, duas vezes ao dia, alimentar as aves à força com um tubo rígido de metal de aproximadamente 30 cm. O tubo atravessa a garganta do animal e deposita o alimento diretamente no estômago. A alimentação é a força porque os animais são obrigados a comer uma quantidade de alimento extremamente alta. Em termos de comparação, seria o mesmo que um homem de 80 kg ingerisse, em poucos segundos, aproximadamente 13 kg de comida. Quer saber mais sobre essa campanha? Clique aqui!

Apoie a nossa mais nova campanha!

No início de 2020, começamos a negociar um compromisso livre de gaiolas com o  Super Nosso. Mas infelizmente, nossas conversas acabaram esfriando e ficamos sem retorno. Acreditamos que falta muito pouco para eles assumirem um compromisso que irá melhorar a vida de milhares de galinhas. Precisamos mostrar ao Super Nosso que existem milhares de pessoas que apoiam essa iniciativa. 

Obrigada por nos apoiar em nossas campanhas! Juntos estamos mudando a vida de milhões de animais. 


Mais populares

fevereiro 14, 2018

Se você está buscando informações sobre veganismo ou tentando fazer a transição, esse post é para você! Os documentários abaixo mostram o veganismo em vários contextos — alguns ressaltam seus benefícios para a saúde, enquanto outros mostram a crueldade animal e os problemas ambientais causados pela indústria da carne. São…
dezembro 10, 2018

A ciência já provou que eles são capazes de sentir, pensar e perceber. Agora ativistas lutam para que a lei reconheça que eles têm direitos assim como nós Por Nyle Ferrari Manifestação da Animal Equality em homenagem ao Dia Internacional dos Direitos Animais (Fotografia: Paula Jacob) Depois de serem transportados…
março 19, 2020

Algumas das graves ameaças à saúde pública dos últimos 20 anos foram consequências diretas do consumo de carne e produtos de origem animal, por exemplo: O caso da carne bovina com hormônios Em 1988, um grande caso explodiu porque a carne bovina dos EUA continha hormônios esteróides, normalmente utilizados ​​em…